Escândalos de FHC: Dono do banco Marka sai da cadeia hoje

Cacciola está preso no Rio de Janeiro desde 2008, após ser localizado pela Interpol no Principado de MônacoProtagonista de um dos grandes escândalos do segundo governo de FHC, Salvatore Cacciola, preso em Bangu 8 desde 2008, recebeu o direito de liberdade condicional.  Seu alvará de soltura está sendo esperado ainda hoje no presídio onde cumpre pena. 
Cacciola fora condenado por peculato e gestão fraudulenta.  Sua soltura foi determinada pela juíza Natascha Maculan Adum Dazzi.
Um dos poucos condenados nos inúmeros escândalos da era tucana à frente da República no país, Salvatore Cacciola fora condenado a 13 anos de prisão.  No ano 2000, após ser preso preventivamente, foi solto por um habeas corpus do ministro do STF, primo de Collor, Marco Aurélio de Mello.  Fugiu para a Itállia e foi considerado foragido quando o STF derrubou a liminar de Marco Aurélio. 
Cacciola foi preso pela Interpol em Mônaco em 2007, sendo extratitado no ano seguinte.  No tempo em que esteve foragido na Itália, o país negou um pedido de extradição sob alegação de que o banqueiro tem cidadania italiana.
Hoje, Cacciola completa um ciclo de 12 anos, desde que o escândalo aconteceu, provando que, no que se refere a crime de banqueiros e colarinho branco, quase sempre ele compensa.
About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s