#ForaMicarla: MP investiga precariedade da rede básica de saúde de Natal

Posted on 30/09/2011

0


Em Pirangi, havia veneno de rato acondicionado junto a medicamentos.

Do No Minuto

As deficiências no funcionamento de cinco unidades da rede de assistência básica do Município de Natal levou a 62ª Promotoria de Justiça a abrir quatro inquéritos civis públicos para investigar as precariedades citadas e uma recomendação à secretária municipal de Educação, Maria do Perpétuo Socorro.

São apontadas deficiências estruturais no Centro de Saúde de Pirangi (Zona Sul), e nas unidades de saúde de Igapó, Santarém e Brasil Novo, todos na Zona Norte da capital. De acordo com os inquéritos, o MP pede que a Coordenadoria de Vigilância Sanitária (Covisa) intervenha nas unidades, utilizando, caso necessário, o seu poder de polícia.

Destinada à secretária de Saúde, a Recomendação 03/2011 pede que sejam adotadas medidas administrativas melhorar as condições de funcionamento da unidade de saúde de Bom Pastor, na Zona Oeste.

De acordo com o texto, as deficiências no local vão falta de manutenção na parte física do prédio à falta de medicamentos e insumos. A Recomendação também registra deficiência de pessoal. O MP pede relatório detalhamento das medidas adotas para sanar o problema.

Anúncios
Marcado:
Posted in: #ForaMicarla