Corrupção como alvo dos indignados daqui e de lá

Posted on 16/10/2011

0


Duas mobilizações da oposição no Brasil contra a corrupção foram mais ou menos um fiasco. À exceção dos dois protestos em Brasília, os mais apartidários de todos, reuniram pouca gente.

Vejo ao menos uma diferença significativa entre os nossos protestos e o movimento global dos indignados. Aqui, o alvo, desforme, é a corrupção, sem nenhum aprofundamento crítico relevante sobre o que seja e quais as origens da corrupção.

Já os movimentos globais têm demonstrado uma consciência política mais clara, talvez fruto de uma sociedade com melhores desempenhos educacionais. Os protestos não são simplesmente contra a crise econômica mundial. Os estudantes, subempregos, desempregados conseguem perceber que o sistema é corrupto e lhes dá poucas oportunidades porque isso é inerente ao próprio capitalismo.

O grito dos indignados é contra a corrupção e os corruptos, contra a crise, mas eles entenderam muito bem que precisam gritar e lutar contra um sistema político-econômico que gera como resultado corrupção, crise econômica, desemprego e pobreza.

Os movimentos no Brasil, por desassociados das questões e demandas concretas da sociedade, só terão futuro concreto e real à medida que se possibilitarem uma mais efetiva politização e compreensão de um processo sistêmico que cria, o que é hoje é alvo, como simples conseqüência.

Anúncios
Posted in: Sem categoria