Ataques a repórteres são brincadeiras de péssimo gosto

Posted on 31/10/2011

0


Na tarde de hoje, enquanto entrava com um link ao vivo da porta do hospital Sírio Libanês em São Paulo, a fim de informar sobre o estado de saúde do ex-presidente Lula, internado para a primeira sessão de quimioterapia, a repórter da Rede Globo, Monalisa Perrone, foi agredida por dois jovens.  Veja o vídeo abaixo:

Foi a segunda vez, desde sábado, que um repórter da Globo sofre um ataque na porta do hospital.  No sábado, foi a vez de José Roberto Burnier:

Muito provavelmente as duas ações foram realizadas pelas mesmas pessoas.  Uma brincadeira de péssimo gosto.  A violência com que atingiram Monalisa é constrangedora.
Acontece que o deputado e ex-senador Roberto Freire (PPS) se dispôs a transformar isso em um ataque à democracia brasileira.

Fascismo, deputado?  Fascismo é o que defendem alguns dos representantes da direita do país aos quais o PPS permanece hoje aliado.
Mais importante: fascista foi a campanha de Internet realizado pelo candidato de vossa excelência nas eleições de 2010.  Aliás, a campanha de Internet de Serra, ao que consta, foi conduzida pela candidata do PPS à prefeitura de São Paulo, Soninha Francine.
O que é fascismo para vossa excelência?
Os dois atos foram brincadeiras de péssimo gosto.  Resultados do que a escola de jornalismo do CQC e do Pânico fazem à juventude brasileira.

Anúncios