Departamento de Estado dos EUA: “Não aconselhamos que os sírios se rendam ao regime.”

Posted on 06/11/2011

0


5/11/2011, Agência Xinhua, China
http://french.cri.cn/621/2011/11/05/302s260020.htm

Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu


Fonte do ministério de Relações Exteriores da Síria denunciou ontem como “irresponsável” a declaração em que o Departamento de Estado dos EUA aconselha os sírios a não se renderem ao regime do presidente Bachar al-Assad, depois que Damasco anunciou anistia a todos os que entregarem armas que tenham em seu poder.Com essa declaração, o governo dos EUA mostra mais uma face de uma flagrante ingerência em assuntos da Síria e “expõe sua política de apoio e financiamento a grupos terroristas” – disse aquela fonte citada pela agência estatal de notícias da Síria.

Em comunicado à televisão estatal síria, na 6ª-feira, 4/11/2011, o Ministério do Interior prometeu anistia a todos que entreguem suas armas entre os dias 5 e 12 de novembro corrente. A anistia alcança os donos de armas e os que vendem e distribuem armas, desde que não sejam procurados por crimes e entreguem as armas que tenham em seu poder.

Imediatamente depois do anúncio da anistia, a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA Victoria Nuland disse a um jornalista: “Não aconselho nenhum tipo de rendição às autoridades sírias nesse momento”.

O governo sírio “condena essa declaração irresponsável, que só pode ser interpretada como movimento para fomentar a sedição e em apoio aos assassinatos e atos terroristas cometidos por grupos armados contra os cidadãos sírios”, disse uma fonte do ministério de Relações Exteriores da Síria.

O governo sírio convoca a comunidade internacional a levantar-se contra essas políticas dos EUA, que são “contrárias às leis do direito internacional e às resoluções do Conselho de Segurança da ONU relativas à luta contra o terrorismo” – acrescentou a mesma fonte oficial síria.

Anúncios
Marcado:
Posted in: Sem categoria