#ForaMicarla: Prefeitura cancela contrato da SEJEL após depoimento à CEI

Posted on 28/11/2011

0


No Blog de Kallyna Kelly

No dia 11 de novembro, uma rodada de depoimentos da CEI dos Contratos trouxe à bancada da Câmara, ao crivo dos vereadores e da população, o secretário da SEJEL (Secretaria Municipal de Esporte, Juventude, Lazer e Copa do Mundo), o árbitro Rodrigo Cintra.

Dentre os questionamentos, o ponto central da oitiva ficou no polêmico contrato firmado entre àquela secretaria e a OSCIP “De Peito Aberto”, no valor de R$ 942 mil. Depois de muitas indagações dos vereadores e respostas nem sempre convincentes do secretário, o convênio foi cancelado oficialmente, conforme publicação no Diário Oficial do Município de Natal – DOM, de 26 de novembro, sábado último.


“O convênio com a Oscip não saiu do papel, pois sabia que esta Casa tinha indagações a fazer”, afirmou Cintra.

Mesmo sabendo que o convênio poderia ser objeto de questionamento por parte da CEI, nem Rodrigo Cintra nem a controladora Regina Mota tiveram a atitude e o zelo de se antecipar e cancelar o convênio. Precisou o assunto ir a debate e ter as suas razões de existir amplamente discutidas e contestadas para que a postura correta do cancelamento viesse a acontecer. E somente 15 dias depois da oitiva.

“Eu nunca participei da Oscip, minha postura é reta. Nunca recebi um centavo dessa entidade. Conheci a organização através de critério técnico”, disse Rodrigo.

Se o secretário Rodrigo Cintra fazia parte ou não da OSCIP, se recebia dinheiro ou não, o fato é que ele mantinha, sim, relacionamento com a entidade, o que, por si só, já caracterizaria falta de ética e possível tráfico de influência para a sua contratação.

Até maio deste ano Cintra matinha relacionamento com a direção da ‘De Peito Aberto’, foi quando ele [Cintra] mandou que a entidade procedesse com a retirada urgente de qualquer matéria relacionada a ele publicada no site da OSCIP. Depois disso, em 1º de julho, o convênio foi firmado.

O jornal Tribuna do Norte teve acesso a um e-mail revelador, onde Cintra dava justamente esse comando ao diretor da OSCIP, Wenceslau Teixeira Júnior. “Precisamos retirar urgente qqer (qualquer) matéria relacionada a mim”, escreveu Rodrigo Cintra no e-mail.

Não precisa dizer mais nada. Esse é só mais um dos tantos contratos firmados pela PMN que não se explicam em sua existência, mas que vão acontecendo até que alguém levante uma contestação, seja através de um vereador, pelo MP ou pela sociedade. E é com essa transparência que a gestão vai funcionando.

Parabéns ao coletivo #FORAMICARLA que insistiu e persistiu na instalação da CEI.

E viva a SANTA CEI!

Anúncios
Marcado:
Posted in: #ForaMicarla