Relator admite que atualmente não há maioria para aprovar nenhum item da Reforma Política no Congresso Nacional

Posted on 10/03/2015

0


Em evento realizado na Câmara Municipal de Teresina, o relator da comissão especial da Reforma Política, deputado Marcelo Castro (PMDB/PI), foi questionado por representantes da Coalizão Democrática sobre itens previstos para reforma do sistema eleitoral.
A Coalizão Democrática Pela Reforma Política e Eleições Limpas é formada pela CNBB, OAB, MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral), CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs), centrais sindicais, movimentos sociais – enfim, mais de cem entidades representativas da sociedade civil organizada.
No diálogo, Castro diz algo preocupante: “Não irá passar no Congresso Nacional nem a minha reforma, nem a reforma da OAB, nem da CNBB, nem do PT, nem a do PSDB, nem a do PMDB: não tem maioria”.
Castro diz que fez uma pesquisa no Congresso que demonstrou que não há maioria em nenhum dos itens para a reforma do sistema eleitoral entre os parlamentares.  “Até para maioria simples nós não teríamos para aprovar nenhum item. Ainda mais para uma PEC que é maioria qualificada de três quintos”, explicou.
Em outras palavras, Castro deixa claro que, no estágio atual, os esforços por uma Reforma Política, democrática ou não, estão fadados ao fracasso.
Veja o vídeo abaixo:

Anúncios
Posted in: Política